Qual é o melhor CMS para um ecommerce?

O avanço da tecnologia tornou o mais fácil possível para nós criarmos nosso próprio projeto web online: por exemplo, um Loja virtual ou loja online. Não é mais necessário ter conhecimentos avançados de programação, estar digitando código ou se complicar demais com a criação da loja. Agora existem os CMS.

Um CMS é um sistema de gerenciamento de conteúdo. É uma plataforma que funciona através de um sistema de templates; Desta forma, só teremos que escolher o modelo que mais gostamos e personalizá-lo para criar uma loja que seja do nosso agrado. Como são os moldes 100% personalizável, projetos completamente diferentes podem ser criados, mesmo partindo do mesmo template.

Dando uma olhada neste tópico, encontraremos muito CMS. Então… Qual é o melhor para a nossa loja online? Ao longo deste artigo veremos as opções mais interessantes.

O melhor CMS para montar uma loja online

WooCommerce

Logotipo do WooCommerce

WooCommerce É um dos CMS mais usados ​​em todo o mundo. De acordo com os números que tratamos, estima-se que 6 de 10 lojas online utilizar este tipo de infraestrutura.

É um plugin para WordPress que transforma qualquer página em uma loja online. Sua principal vantagem é a facilidade de uso: basta instalar o plugin e seguir o processo de configuração para ter um eCommerce sem ter que ter nenhuma ideia de programação ou design.

No momento da instalação, podemos adicionar categorias, produtos, gerenciar formas de pagamento e custos de envio, entre outras funções. Além disso, ao nível de SEO também é uma boa opção. Por ser baseado em WordPress, este CMS está muito bem otimizado para que nosso site comece classificação desde o primeiro momento. E se você estiver procurando por um estilo de modelo mais detalhado, entre em contato com este web designer em Valência para criar exatamente o que você precisa.

PrestaShop

Logotipo da PrestaShop

PrestaShop era um verdadeiro líder de mercado há alguns anos, quando o WooCommerce ainda não existia. Ainda é considerado um dos melhor CMS para lojas online. Uma de suas características mais importantes é que é Open Source e tem uma grande comunidade por trás que é responsável por desenvolver certos recursos e fornecer suporte aos usuários que precisam.

Outra vantagem do CMS é que você tem à sua disposição uma longa série de templates muito marcantes. Alguns são totalmente gratuitos, mas também existem os pagos. Esta plataforma está perfeitamente sincronizada com as redes sociais e blogs para partilhar informação e assim potenciar o tráfego.

Além disso, também é uma boa opção para lojas multilíngue: Permite gerenciar vários idiomas com facilidade.

Magento

Magento é outro CMS livre e de código aberto Oferece amplas possibilidades de personalização. Para muitos, é o CMS mais poderoso do mercado. É a opção que escolheremos se tivermos um catálogo de referência muito extenso e precisarmos evitar congestionamentos na web a todo custo. Por exemplo, poderíamos estar falando de milhares de artigos.

É totalmente personalizável, é muito poderoso, tem a opção de multilíngue, multistore e multimoeda, e é Seo amigável. No entanto, não é a opção mais fácil de manusear. Suas funções são um tanto complexas para quem ainda não gerenciou uma loja online.

E se temos conhecimentos avançados de programação, ou planejamos contratar um programador web para funções específicas, Magento nos permitirá trabalhar sem limites.

Shopify

Logotipo do Shopify

Se procura uma solução rápida para criar o seu site sem ter conhecimentos técnicos, Shopify é para você. É muito fácil de personalizar e podemos fazer grandes coisas com ele. É rápido, não precisa de servidor para salvar a página (a hospedagem é feita no próprio site), tem gerenciador de carving (com muitos dados e relatórios sobre o que acontece na loja em tempo real) e aplicativos para tudo (alguns deles são pagos).

O problema com Shopify é que é um CMS pago. Você deve assumir uma determinada assinatura mensal que será mais ou menos cara dependendo das necessidades de nossa loja.

CommerceTools

Não é tão popular quanto os anteriores, mas é um CMS importante a ser considerado. Tem uma API flexível, por isso é compatível com muitas ferramentas de comércio eletrônico. Além disso, nos dá a opção de fazer várias opções ao mesmo tempo usando a mesma interface, como executar campanhas, manter dados de catálogo, ter acesso em tempo real a informações de clientes e/ou informações de pedidos, etc. Como no caso do Shopify, também é uma opção de pagamento.

Teste com esses 5 CMS e você verá como acha o mais interessante para criar sua própria loja online.


O conteúdo do artigo segue nossos princípios de Ética editorial. Para relatar um erro, clique Clique aqui.

Seja o primeiro a comentar

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

*

*

  1. Responsável pelos dados: Miguel Ángel Gatón
  2. Finalidade dos dados: Controle de SPAM, gerenciamento de comentários.
  3. Legitimação: Seu consentimento
  4. Comunicação de dados: Os dados não serão comunicados a terceiros, exceto por obrigação legal.
  5. Armazenamento de dados: banco de dados hospedado pela Occentus Networks (UE)
  6. Direitos: A qualquer momento você pode limitar, recuperar e excluir suas informações.