O que faz um gerente de comunidade?

gerente da comunidade

Se você gosta de redes sociais, com certeza já ouviu falar no termo Community manager. Talvez você até tenha lido notícias sobre eles (o CM da Polícia, o Netflix...). Mas você sabe o que um gerente de comunidade faz?

Este trabalho consiste em ser responsável pela administração e gestão das redes sociais de uma empresa ou marca na Internet e servem de ponte entre os clientes, ou potenciais clientes, e a marca. Mas quais são exatamente as funções? Nós explicamos para você abaixo.

Gerente de comunidade, uma carreira em demanda?

Há alguns anos, quando surgiram o Facebook e o Twitter, nasceu também o cargo de Community manager, ou o que é o mesmo, “community manager”. Sua tarefa era publicar mensagens que satisfizessem os clientes e que servissem de ponte entre fãs e empresa.

Mas considerando que o número de redes sociais aumentou e que a cada vez surgem novas, é inegável que as funções de uma Comunidade são muito maiores do que se imagina.

É uma posição em demanda? A verdade é sim. As empresas não conseguem gerenciar todas as redes, e menos ainda colocar mensagens diferentes, ou fazer estratégias diferentes, em cada uma delas, e isso faz com que precisem de um especialista. Mas às vezes esse trabalho não é tão legal quanto parece e muitos se orientam pelos resultados para saber se uma pessoa trabalha ou não.

Funções de um gerente de comunidade

Gerente de comunidade trabalhando no celular

Se você quer se dedicar a ser um Community manager, ou é algo que chama sua atenção, saiba que sua definição, a de gerenciar uma comunidade ou redes sociais de uma empresa, é realmente muito pequena em comparação com tudo o que você precisa Faz. Vamos conversar com você sobre isso?

Conheça cada rede social em profundidade

Isso significa que você precisa saber tudo sobre Facebook, Twitter, Instagram, TikTok, Youtube… se a empresa os usa ou não.

Nem todas as empresas usam todas as redes sociais, mas, como profissional, ele deve conhecê-los, mesmo os novos. Isso também inclui as alterações que podem ocorrer, algoritmos e outros.

E é que seu objetivo ao aprofundá-los não é outro senão o de adaptar a mensagem que a empresa quer colocar nas diferentes redes sociais. Não, não vale postar a mesma coisa em todas as redes sociais. Uma verdadeira comunidade teria que estabelecer estratégias diferentes.

Conheça a empresa a fundo

Imagine que você é o elo entre uma empresa e uma comunidade no Facebook. E você coloca posts, mas estes não refletem realmente a empresa, mas são mais gerais.

Isso pode implicar que o responsável pelas redes não conhece bem a empresa; não faz parte dele, ou não está envolvido.

O que queremos dizer com isso? Pois bem, além de conhecer as redes, quando você vai administrar uma empresa é importante conhecê-la bem. Saiba qual é sua missão, visão e seu passado, presente e futuro. Até se sinta parte disso. Só assim você conseguirá expressar em palavras e imagens o que aquela empresa significa.

Isso não envolve apenas obter o máximo de informações possível da empresa, mas também  saber quais são as oportunidades, ameaças, pontos fortes e fracos para melhorar todos os aspectos como um todo.

Gerenciar a comunidade

Uma pessoa que trabalha com redes sociais

Por comunidade estamos nos referindo às redes sociais. Em cada site há uma forma de expressar a mensagem da empresa. Em outras palavras, a mensagem que é transmitida no Instagram não é a mesma que no TikTok, ou no Facebook e Twitter. Para isso também Você deve estar atento aos diferentes perfis, responder perguntas e comentários e lidar com qualquer situação, positivo ou negativo.

Você deve ter em mente que ela se torna um pilar fundamental e que é a “cara visível” da empresa, por isso você deve saber tudo sobre ela para transmiti-la aos seguidores.

Crie um cronograma de postagem

Você achou que um gerente de comunidade fica sentado em frente ao computador e se pergunta o que ele vai compartilhar naquele dia? Nem muito menos. Na verdade um bom profissional tem um calendário, normalmente mensal, outras trimestrais, em que estabelecem todas as publicações que vão ser feitas.

Dessa forma, eles podem ser antecipados. Claro também você tem que deixar algum espaço para mudanças de última hora, que pode ser.

Preparar mensagens para cada rede social

O que é comumente chamado de "cópia". E é que Essas mensagens devem ser diferentes dependendo da rede social onde serão publicadas..

Além disso, deve ser acompanhado de uma imagem ou vídeo, e as orientações para criá-los devem ser dadas por essa pessoa que conhece melhor os seguidores e você saberá o que funciona melhor e o que não funciona em cada rede social.

E sim, isso significa que para cada rede social você deve criar uma mensagem, embora na grande maioria das empresas e redes sociais as mensagens se repitam em todas as redes (algo que já é dito que não é bom porque parece que você trata todos os seguidores da mesma forma).

gerenciar crises

pessoa trabalhando

Neste caso nos referimos a situações que podem prejudicar a imagem da empresa. É importante que seja a Comunidade, especialmente se foram geradas por redes sociais, aquela que tentar dar resolução, para poder ser positivo, com a pessoa para evitar que o nome da empresa fique "sujo".

Por esta você tem que ter muito controle ao se comunicar com essa pessoa e tentar encontrar uma solução que seja boa para ambos os casos.

Monitoramento e medição de publicações

E é preciso levar em conta que as publicações, assim como sorteios, pesquisas, etc. eles são feitos para alguma coisa. Você deve saber qual é o conteúdo mais relevante, o que mais interessa ao usuários, onde se sentem mais à vontade, etc., para saber quais resultados suas publicações oferecem e se mudanças precisam ser feitas ou não.

Claro que a partir desse monitoramento você pode obter a conversão de usuários em clientes, uma informação que também é muito importante para saber qual é a porcentagem de sucesso em termos de publicações.

Dependendo do trabalho, pode haver mais ou menos tarefas, mas aproximadamente você já sabe o que um gerente de comunidade faz. Você se atreve a se dedicar a isso?


O conteúdo do artigo segue nossos princípios de Ética editorial. Para relatar um erro, clique Clique aqui.

Seja o primeiro a comentar

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*

  1. Responsável pelos dados: Miguel Ángel Gatón
  2. Finalidade dos dados: Controle de SPAM, gerenciamento de comentários.
  3. Legitimação: Seu consentimento
  4. Comunicação de dados: Os dados não serão comunicados a terceiros, exceto por obrigação legal.
  5. Armazenamento de dados: banco de dados hospedado pela Occentus Networks (UE)
  6. Direitos: A qualquer momento você pode limitar, recuperar e excluir suas informações.